Ginecologista e Obstetra. Tel: (11) 5053-2222 email: [email protected]

9 perguntas sobre infertilidade

Marcar consulta com ginecologista e obstetra em são paulo

A Dra Juliana Amato Responde perguntas sobre reprodução humana e tratamento de infertilidade.

 

Como acontece a ovulação?

 

A ovulação ocorre quando um folículo ovariano que se desenvolve em um ciclo menstrual se rompe e libera o óvulo. A ovulação faz parte de um processo hormonal que ocorre no organismo das mulheres, do qual fazem parte os hormonios estradiol, foliculo estimulante, luteizante e progesterona, que recrutam os folículos, os estimulam a crescer, a romper e se neste momento ocorrer fertilização, a mulher engravida.

 

Quais os distúrbios que podem acontecer e gerar a infertilidade?

 

A infertilidade feminina pode ocorrer por fatores ovulatórios (síndrome dos ovários policísticos, anovulação crônica, menopausa precoce); anatômicas (obstrução tubárea, malformações uterinas), endometriose, quimioterapia.

A infertilidade masculina pode ocorrer por infecções, varicocele, doenças ligadas ao cromossomo y e doenças da infância.

 

Quando uma mulher é infértil?

 

Quando após 1 ano de tentativas de se obter gestação esta não obtem sucesso. A partir deste momento o casal deverá ser analisado a fim de diagnosticar se a infertilidade é de causa masculina e/ou feminina.

 

De que forma a infertilidade pode ser tratada?

 

Depende do diagnóstico da causa de infertilidade. Mas os tratamentos disponíveis em reprodução assistida são:

  • Coito programado (indução da ovulação monitorada por ultrassom e indicação dos dias férteis para se ter relação)
  • Inseminação Intra uterina (indução da ovulação monitorada por ultrassonografia e quando do momento da ovulação colocação dos espermatozóides do parceiro dentro do útero)
  • Fertilização in vitro (indução da ovulação monitorada por ultrassonografia e quando do momento da ovulação, retira-­se os óvulos e fertiliza com espermatozóide do parceiro, In vitro, a fim de que se forme o embrião e coloca­-se o embrião pronto dentro do útero da mulher)

 

A partir de qual momento a mulher deve investigar se é ou não infértil?

 

A investigação da fertilidade deverá ser realizada em mulheres acima de 35 anos, após 6 mêses de tentativa de gravidez. Se a mesma tiver menos que 35 anos, após 1 ano de tentativas de gestação sem sucesso. Há aqui de se mencionar que mulheres que não tem desejo reprodutivo no momento e esteja próxima aos 35 anos, orienta­-se investigação da fertilidade para orientação de preservação da fertilidade (congelamento de óvulos), para que no futuro, quando quiser engravidar .

 

Como é realizada essa investigação?

 

A investigação feminina é realizada através de exames labortatoriais (hormonais) que avaliam reserva ovariana, função ovulatória; exames de imagem que avaliam anatomia uterina, trompas, endometriose (ultrassonografia, histerossalpingografia e Ressonância magnética se necessário).

A investigação masculina baseia­-se a princípio na avaliação do espermograma que avalia qualidade/concentração e motilidade espermática.

 

Quais os preparos que a mulher precisa ter antes de engravidar (ácido fólico, vitaminas)?

 

Antes de pensar em engravidar a mulher deve fazer um check up a fim de avaliar sua saúde geral, exames gerais e ginecológicos são adequados. Devendo ser controlados doenças cronicas se houver. O uso do ácido fólico deverá se iniciar em até 3 meses antes do início da gravidez e pelos 3 primeiros meses.

 

Depois de quantas tentativas a mulher precisa investigar a infertilidade?

 

A investigação da fertilidade deverá ser realizada em casais após 1 ano de relações sexuais sem proteção em mulheres até 35 anos, e em mulheres acima de 35 anos a investigação deve ser realizada após 6 meses de tentativas de gravidez pelo casal.

 

A partir de qual momento é preciso investigar a fertilidade masculina?

 

A fertilidade masculina deve ser investigada pelo casal pela mesma indicação da feminina, ou seja, após 1 ano de relações sexuais sem proteção em mulheres até 35 anos, e em mulheres acima de 35 anos a investigação deve ser realizada após 6 meses de tentativas de gravidez.

Marque sua consulta agora

Agende já